Contribuições da “estratégia como prática” ao pensamento em estratégia

Este trabalho tem por objetivo apresentar uma resumida história do pensamento em estratégia, incorporando as contribuições teóricas da estratégia como prática social. Para isso, apresenta algumas discussões centrais que marcam e constituem o campo de conhecimento e de práticas em estratégia, a partir de uma pesquisa bibliográfica, de cunho teórico-interpretativo. Assim, o artigo é organizado em cinco partes: a introdução; as considerações metodológicas; a caracterização da estratégia como um campo de estudos e de práticas; a discussão das diferentes abordagens teóricas que se constituíram historicamente no campo; a apresentação da abordagem da estratégia como prática; e, finalmente, as considerações finais. Dentro desse escopo, parte-se das contribuições dos teóricos clássicos até essa perspectiva contemporânea. Apresentam-se as ideias centrais de cada abordagem teórica, discutindo-as criticamente. O trabalho organiza esse campo de conhecimento, já que os principais estudos que mapeiam a área ainda não incorporaram os desenvolvimentos recentes da estratégia como prática. O artigo discute as principais concepções dessa abordagem a partir de uma orientação epistemológica interpretativa e social construtivista. Entende-se que além de essa corrente ser fruto da recente virada prática na teoria social, incorpora contribuições de outras escolas do pensamento. O artigo é concluído com a ideia de que a abordagem da estratégia como prática apresenta-se como uma perspectiva de análise que, muito antes de sobrepujar qualquer outra abordagem teórica, as incorpora no estudo que toma por base o fenômeno em si, a prática em uso.