Dialética negativa e a tradição epistemológica nos estudos organizacionais
A primazia do objeto é condição fundamental de compreensão da realidade para a dialética negativa proposta por Adorno. Este ensaio tem como objetivo principal apresentar a Dialética Negativa como método de refl exão, bem como suas eventuais contribuições para os Estudos Organizacionais. Para isto, será necessário verifi car como a Dialética Negativa se apresenta como um "atentado" contra a tradição; como o cognoscível é construído na relação objeto ↔ sujeito ↔ objeto pelo princípio da não identidade; como a aparência e a contradição são elementos de recusa a uma totalidade defi nitiva; como o conceito, enquanto elaboração do pensamento, e as categorias, enquanto modo de apreensão do real pelo pensamento, são elementos constitutivos da formação da realidade; e como se formam os sistemas totalitários. Com isto, será possível verifi car como a construção do entendimento ocorre por meio de construções afirmativas contrárias à Dialética Negativa, que se fi rma com base no princípio da não-identidade. Também será possível compreender como os chamados Estudos Organizacionais em geral se caracterizam por concepções epistemológicas que podem ser fontes inesgotáveis de análise sob a perspectiva da Dialética Negativa.