Condições de uma gestão democrática social do processo de trabalho: reconhecimento, redistribuição, representação e realização.
Sendo o trabalho elemento central para a constituição do sujeito, condição de existência do homem, independente de todas as formas de sociedade (MARX, 1977), à medida que a essência do trabalho torna-se fragilizada, igualmente fragilizada torna-se a essência humana. À medida que o trabalho assume predominantemente a forma de valor, ou seja, à medida que …

Sendo o trabalho elemento central para a constituição do sujeito, condição de existência do homem, independente de todas as formas de sociedade (MARX, 1977), à medida que a essência do trabalho torna-se fragilizada, igualmente fragilizada torna-se a essência humana. À medida que o trabalho assume predominantemente a forma de valor, ou seja, à medida que o trabalho concreto se torna trabalho social ou trabalho abstrato, que o sujeito está separado dos meios de produção e, conseqüentemente, dos frutos de seu trabalho, o trabalho criador é substituído pelo trabalho alienado. Leia mais....