Chamada de artigos Revista Psicologia e Organização do Trabalho
Terceirização e precarização do trabalho no Brasil: onde estamos, para onde vamos? Recentemente, foi votado, pela Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei (PL 4330), que versa sobre o processo de terceirização no Brasil. Entre os itens do referido projeto está a possibilidade, uma vez sancionado, de as empresas (incluindo o governo) terceirizarem suas atividades-fins,… Continuar lendo Chamada de artigos Revista Psicologia e Organização do Trabalho
Terceirização e precarização do trabalho no Brasil: onde estamos, para onde vamos?
Recentemente, foi votado, pela Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei (PL 4330), que versa sobre o processo de terceirização
no Brasil. Entre os itens do referido projeto está a possibilidade, uma vez sancionado, de as empresas (incluindo o governo) terceirizarem suas atividades-fins, algo até então proibido pela Justiça do Trabalho. Embora fazendo eco às transformações que se iniciaram desde, pelo menos, o final da década de 1970, culminando numa primeira onda de terceirização nos anos de 1990 (no Brasil), com consequências já extensamente pesquisadas, inclusive pela psicologia, esse projeto amplia as chances de um potencial novo processo de precarização das condições de trabalho no país.
Em resposta a essas transformações no enquadramento político relativo às formas de gestão do trabalho na atualidade, e também com o objetivo de resgatar mais vivamente as discussões sobre condições de trabalho, precarização, e formas de resistência e enfrentamento, a rPOT (Qualis B1), em parceria com sua mantenedora, a SBPOT, está abrindo esta chamada pública de manuscritos para composição de um número especial sobre terceirizações e precarização do trabalho no Brasil.
Seu objetivo central é aprofundar as discussões acadêmicas sobre o assunto, tanto na forma de contribuições teóricas, revisões como de pesquisas e relatos empíricos, visando contribuir para o entendimento da situação e, sobretudo, para a construção de referências sólidas para seu enfrentamento, subsidiando, criticamente, a prática dos profissionais atuando em POT.
Em termos específicos, a revista aceita manuscritos que se proponham a debater, entre outros, os seguintes tópicos:
  • Causas da terceirização: fatores organizacionais, políticos, econômicos;
  • O estado da arte da pesquisa sobre o tema (revisão sistemática);
  • Modelos de gestão do trabalho e terceirização;
  • Para além da terceirização: movimentos de precarização do trabalho no Brasil;
  • Consequências psicossociais da terceirização;
  • Impactos da terceirização no mercado de trabalho;
  • Aspectos ético-políticos: o papel da POT.
O prazo para submissão de manuscritos é 03 de agosto de 2015. A expectativa é de publicar esse dossiê no número 16(1), 2016.
Para submeter, os manuscritos devem seguir, estritamente, as normas da rPOT, acessadas aqui.
As submissões devem ser feitas, exclusivamente, em formato eletrônico, aqui.
Esperamos contar com o interesse e contribuição de todos os pesquisadores envolvidos com esta temática.
Pedro F. Bendassolli
Editor-chefe
Ana Carolina de Aguiar Rodrigues
Janice Janissek de Souza
Mary Sandra Carlotto
Editores Associados